Holla, que tal! Buenos Aires!
América do Sul Argentina Buenos Aires Viagens Trips

Holla, que tal! Buenos Aires!

Avaliações

3.5 média baseada em 2 avaliações

  • Excelente
    0
  • Bom
    1
  • Razoável
    1
  • Ruim
    0
  • Péssimo
    0

Holla, que tal !

Buenos Aires ! Chegou o dia que então fomos conhecer a capital do nosso país “hermano”, famosa cidade de Evita Perón, Carlos Gardel, Maradona e Messi. Nos hospedamos em um hotel no Centro, na Calle Paraguay e ficamos de sexta à domingo. Já no dia da chegada, fomos no famoso Señor Tango. A turística casa de tango de Fernando Soler, um show de tango no estilo espetáculo com muita luz e brilho. Por não seguir a linha intimista tradicional, é por muitos considerado turistão, enquanto outras casas seriam melhor opção. Nós gostamos muito, a casa é imensa, a mesa é compartilhada e com direito ao jantar incluído e uma garrafa média de vinho. Na decoração além das luzes, quadros com brasileiros e gringos famosos que passaram pela casa. O show é muito bonito, com perfomances excelentes dos dançarinos, além de um pouco de acrobacia também. As músicas vão do tango tradicional até músicas famosas de outros ritmos que foram tocadas em forma de tango. No final gostamos muito.

No segundo dia, fomos tomar café no Café Tortoni, Café que leva o mesmo nome do de Paris, considerado um dos Cafés mais bonitos do mundo, com uma decoração imponente que remete ao fim do século 19. O Café é muito visitado pelos turistas e tem um chocolate com churros sensacional, só o cheiro já faz o cliente experimentar. Saímos de lá e fomos para a Plaza de Mayo, visitar a praça que foi palco dos maiores protestos e manifestações argentinas, onde abriga a Casa Rosada, a sede presidencial da Argentina. Todo o cenário lembra muito o filme “Evita”, onde foram gravadas várias cenas da história do filme, como os discursos na sacada e a praça lotada com a população.

Fomos de lá para o Caminito, a rua museu do bairro La Boca, onde também fica o estádio do Boca Juniors. A rua tem artistas de rua com pares dançando tango, pinturas com o desenho do bairro ou temática de tango, além de mercado de artesanato e a loja da Havanna de “dulce de leche” e alfajores. As casas que cercam e seguem ao longo da rua são coloridas dando um ar bem artístico ao local.

Andando uns 500 metros, estávamos no Estádio do Boca Juniors, e fizemos o tour no estádio. Começando pelo museu com a história do clube, fotos dos jogadores que já vestiram a camisa, com destaque para alguns brasileiros como Luiz Alberto ex-zagueiro do Flamengo e Fluminense, e o Iarley foi campeão mundial pelo Internacional e jogou com a 10 lá. Além destes, os argentinos famosos como Maradona, Tevez e Riquelme tem grandes destaques na exposição. O tour segue pela arquibancada, onde se tem a percepção de porque o estádio é chamado “La Bombonera”, o formato de caixa de bombom que pela disposição, deixa o gramado bem perto da arquibancada, proporcionando a pressão da torcida mandante. No final podemos entrar em uma área delimitada do gramado, para tirar a foto com o Troféu Libertadores.

Pegamos um táxi e rumamos para o Puerto Madero, o bonito porto revitalizado e moderno onde abriga um ótimo centro gastronômico, modernos arranha-céus além do monumento Puente de La Mujer. Almoçamos no “Cabañas Las Lillas” as mesas tem disposição que fica com visual para o porto, comemos um sensacional “ojo de bife”, terminando muito bem o entardecer.
No domingo, terceiro e último dia, na parte da manhã, fomos para a avenida 09 de Julio, visitar o Teatro Colón. A avenida é extremamente larga, e é considerada a avenida mais larga do mundo No meio dela tem o monumento El Obelisco, um obelisco bem alto construído em homenagem ao aniversário da cidade e mais ao longo da rua, avista-se o edifício com o mural de Eva Péron, um retrato gigante que tem em ambos os lados do edifício. No horário marcado entramos para o tour no Teatro Colón, a imponente casa de ópera argentina, onde o guia nos explicou toda a sua história e como ficou muito famosa na época de ouro Argentina, palco de grandes óperas e espetáculos mundiais, e que é considerada acusticamente um dos melhores teatros do mundo. O Tour terminou cedo, e fomos para a feira de antiguidades do bairro de San Telmo. A feira é bem animada, com barracas de artesanatos, antiquários e artistas de rua. Ao redor, no bairro, as casas são com estilo coloniais, vários bares, antigas igrejas e Cafés. À tarde voltamos para o Brasil e consideramos uma bela viagem de fim de semana, onde pudemos aproveitar de uma das principais cidades turísticas da América do Sul, com estilo europeu, uma rica vida cultural e uma boa gastronomia. Valeu !

Cadu Campos

Cadu Campos

Carioca, casado, sem filhos e feliz. Corredor, bebedor inveterado e entusiasta de tecnologia. Sempre disposto a ouvir e agora motivado a escrever. Partiu !

Você visitou recentemente...

Colonia del Sacramento

Punta Del Leste

Montevideo

Bauernfest

Napa Valley